Pagamento no débito aumenta, mas liderança ainda é de dinheiro em espécie

O uso do cartão de débito no Brasil aumentou sua representatividade para 20% do faturamento do comércio, sobre 14% em 2013, mas os pagamentos em dinheiro seguiram na liderança disparada, apontou o Banco Central nesta quinta-feira

O uso do dinheiro em espécie, entretanto, caiu a 50%, sobre 55% cinco anos antes, de acordo com a pesquisa "O brasileiro e sua relação com o dinheiro", feita em abril.

Cartão sem tarifa vai atingir mais usuários

A demanda por cartões sem anuidade pode alcançar a preferência de 95% dos usuários no ano. Atualmente, 85% dos consumidores buscam a modalidade. A expectativa é que, com a crescente concorrência, novos produtos financeiros sem tarifas surjam no setor

Os dados são de um levantamento feito pela Triunfei, plataforma de comparação de produtos financeiros, com base em 300 mil consultas mensais. As contas sem tarifas aparecem em segundo lugar na pesquisa, com 60% de preferência dos usuários.