São Paulo, SP, Brasil 11 2979-8818 / 11 2638-9980

Indústria paulista tem saldo positivo de 11 mil vagas no 1º bi

Início Blog Indústria paulista tem saldo positivo de 11 mil vagas no 1º bi

Indústria paulista

Segundo indicador da Fiesp, o resultado ocorre mesmo diante de uma queda de 1,85% do número de postos de trabalho em fevereiro na comparação anual

A indústria paulista gerou 2,5 mil novas vagas em fevereiro, alta de 0,11% sobre janeiro na série sem ajuste, mas uma queda de 0,08% (com ajuste). Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve recuo de 1,85%, com o fechamento de 40 mil postos de trabalho. No acumulado do ano, o saldo está positivo em 11 mil vagas.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (19) pela Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). Entre os setores acompanhados pela pesquisa, 50% apresentaram variações positivas, com 11 contratando, sete demitindo e quatro permanecendo estáveis.

Os principais destaques, segundo as entidades, ficaram por conta do segmento de couro e calçados, com geração de 1.451 vagas; seguido por coque, derivados de petróleo e biocombustíveis (1.203) e produtos farmoquímicos e farmacêuticos, com 497 postos de trabalho.

No campo negativo ficaram, principalmente, produtos alimentícios (-670); produtos diversos (-467) e impressão e reprodução de regravações (-389).

“O nível de emprego da indústria paulista está estável e o resultado do mês veio dentro de nossas projeções, mostrando um pequeno crescimento”, avaliou em nota o segundo vice-presidente da Fiesp, José Ricardo Roriz Coelho. O saldo comparado com janeiro, considerando o ajuste sazonal, apresentou uma retração de 0,08%.

Ainda segundo Roriz, para que haja uma consolidação do crescimento do emprego na indústria paulista, é necessária a aprovação da reforma da Previdência. “Nos próximos meses, devemos seguir gerando novas vagas. Mas para que seja confirmada uma retomada do emprego, é fundamental a aprovação da reforma”, concluiu o vice-presidente.

Emprego por regiões

A pesquisa apura também a situação de emprego para as grandes regiões do Estado e em 37 diretorias regionais do Ciesp. Por grande região, a variação em fevereiro recuou 0,10% na Grande São Paulo.

Entre as 37 diretorias regionais, houve variação nos resultados, informou a entidade. Nas 14 que apontaram avanço, o destaque ficou por conta de Franca (+2,62%), com geração de 1.250 vagas, influenciada por couro e calçados (+5,35%) e alimentos (+0,32%).

Fonte: DCI | Imagem: Agência Petrobras / Estadão Conteúdo

BLOG DA ABAX

Veja todas as postagens do nosso Blog
Compartilhe
  • 10
    COMPART.